Ligue!

11.5543.0039

Artistas Abstratos do Brasil e da Venezuela na Coleção Patricia Phelps de Cisneros



Os paulistanos têm a chance de conferir um recorte do acervo da Coleção Patricia Phelps de Cisneros, braço artístico da Fundação Cisneros, instituição da Venezuela voltada para a educação. Composta de oitenta obras, a mostra reúne dez nomes de inflexão construtiva e vanguardista — seis brasileiros e quatro venezuelanos.

A seleção traça paralelos nas produções dos dois países, que viviam momentos de efervescência nas décadas de 40 a 60. Herdeiros de escolas europeias (Bauhaus, suprematismo e neoplasticismo, entre outras), esses artistas buscaram transcender a tradição da pintura, ou pelo menos aquela da tela pendurada na parede. Ousados, aos poucos trocaram o plano por instalações, esculturas e objetos. Dá para perceber Lygia Clark, por exemplo, aproveitar-se de seus desenhos iniciais para chegar aos notáveis Bichos. Ou como tanto Mira Schendel quanto Gego (nome artístico de Gertrud Goldschmidt) cruzam caminhos semelhantes em busca da representação de espaços vazios. Hélio Oiticica e Jesús Soto, por sua vez, compartilham os experimentos com ambientes penetráveis. Também em cartaz na Pinacoteca. Até 06/02/2011.

Fonte: Veja São Paulo

Nilza Botteon

Mais de 20 anos de experiência em Jornalismo, com ênfase em Assessoria de Imprensa, desenvolvendo e liderando projetos de Construção de Marca e Relacionamento com a Imprensa. Sócia-fundadora e diretora da Ecco Press Comunicação desde 2003, ao lado de Renata Garcia Bernardes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

© Ecco Press Comunicação Ltda  •  by Oibê  •  RSS