Ligue!

11.5543.0039

Montblanc comemora 20 anos do Prêmio Patrono das Artes com edição limitada



Quando lançou a coleção de canetas de edição limitada Patrono das Artes há 20 anos, Montblanc apresentou um modo diferente de celebrar as artes, destacando as pessoas que tornam os projetos artísticos possíveis. Enquanto os artistas são frequentemente celebrados com prêmios de grande prestígio por sua excelência artística, as pessoas que investem tempo e os tão necessários recursos financeiros para fazer os projetos artísticos acontecerem raramente são reconhecidos. De modo singular, Montblanc colocou as luzes sobre aqueles que tornam os avanços culturais possíveis e tem celebrado estes esforços com uma premiação sem igual: o ‘Montblanc de la Culture Arts Patronage Award’, com a Edição Limitada Patrono das Artes como símbolo deste elogio internacional.

O prestigioso ‘Montblanc de la Culture Arts Patronage Award’ presta homenagem aos patronos de 12 países que apoiam projetos culturais e artísticos com seu comprometimento pessoal ou recursos financeiros. Todo ano, desde sua criação em 1992, Montblanc tem dedicado um instrumento de escrita de Edição Limitada a um patrono das artes histórico, que teve atuação decisiva no desenvolvimento das artes e da cultura em seu tempo. Estes instrumentos de escrita ricamente desenhados celebram a grande importância dos próprios patronos em apoiar trabalhos de arte.

Para comemorar o 20º Aniversário do ‘Montblanc de la Culture Arts Patronage Award’, Montblanc presta um apropriado tributo ao homem que é considerado o primeiro patrono das artes. Com o lançamento do refinado e elegante instrumento de escrita, “Maecenas”, Montblanc homenageia Gaius Cilnius Maecenas, um romano mundialmente lembrado como o pai do patrocínio cultural.

Maecenas – O primeiro “Patrono das Artes”

Maecenas (70 A.C. – 8 A.C.) diplomata, político, desfrutou de grande riqueza em sua vida e exerceu influência, como amigo e conselheiro, sobre Octavian Augustus, o primeiro Imperador Romano. Ele reconheceu a genialidade dos poetas do seu tempo, entre eles Horacio e Virgílio, dando-lhes total apoio financeiro. Graças a esta segurança, estes poetas puderam dedicar suas vidas ao verso lírico e a ampliar os limites criativos. Como resultado, em muitas línguas, seu nome é agora seguido do epíteto “Generoso Patrono das Artes” ou “Benfeitor Cultural”.

É sabido que o patrocínio dado por Maecenas não era estimulado por mera vaidade ou uma paixão insaciável pelas letras. Maecenas via a literatura como um poderoso meio de reconciliar as mentes dos homens em uma nova ordem social sob Augustus. Como poderoso estadista, ele reconhecia sua própria responsabilidade cultural pela glória do Estado.

Um instrumento de escrita de Edição Limitada singular

Restrita a apenas 4.810 peças, que correspondem à altura do Mont Blanc, esta Edição Limitada Patrono das Artes é um apropriado tributo a Maecenas, ricamente decorado com símbolos de sua vida e fortemente influenciada pela estética do Império Romano.

O design deste instrumento de escrita é inspirado nas colunas dos templos romanos; o corpo é uma criação em laca marmorizada, refletindo a magnífica arquitetura da Roma Antiga. O primeiro verso de uma ode a Maecenas, composta por Horácio, aparece na tampa artesanal feita, assim como os anéis,de prata de lei 925.

Uma coroa de louros, finamente gravada, emoldura o anel superior. Com a inscrição ‘Gaius Cilnius Maecenas’, o anel da tampa tem o nome completo do homem que é considerado o maior patrono das artes da história. A base do cone é decorada com uma reprodução da moeda da Roma Antiga, cunhada com o retrato de Maecenas; enquanto a silhueta do clipe, na forma de uma antiga espada romana, reflete as façanhas militares do homem ao lado de Augustus.

A coroa de louros e os numerais romanos ‘MMXI’ em fina gravação enobrecem a pena de ouro 18 K banhada a ródio e ressaltam que este instrumento de escrita único é dedicado à memória do pai espiritual do patrocínio às artes, e que foi lançado no ano de 2011.

Patrono das Artes Gaius Cilnius Maecenas – Edição Limitada 888

Mantendo a tradição iniciada em 1995 de uma edição ainda mais exclusiva da coleção Patrono das Artes, limitada a apenas 888 peças, esta caneta-tinteiro em ouro maciço 750 possui a tampa esqueletizada com as primeiras letras da Ode de Horácio, um dos poemas a Maecenas’ feitos pelo seu protegido. O corpo deste instrumento de escrita é trabalhado em mármore original com um evidente efeito de colunas.

Porque cada detalhe reflete o espírito e a identidade da personalidade a ser homenageada, a réplica de uma velha moeda romana cunhada com o semblante de Maecenas pode ser encontrada no fundo do cone. A silhueta do clipe é inspirada numa antiga espada e olhar mais atento da pena de ouro 18 K revela a assinatura especial deste instrumento de escrita único – Montblanc, e o ano 2011 gravado em algarismos romanos, emoldurados pela coroa de louros, símbolo inconfundível da supremacia e respeito à Roma.

Montblanc – Relações com a Imprensa
Nilza Botteon | Ecco Press Comunicação
11.5543.0039 / 8326.8409
nilza.botteon@eccopress.com.br

Nilza Botteon

Mais de 20 anos de experiência em Jornalismo, com ênfase em Assessoria de Imprensa, desenvolvendo e liderando projetos de Construção de Marca e Relacionamento com a Imprensa. Sócia-fundadora e diretora da Ecco Press Comunicação desde 2003, ao lado de Renata Garcia Bernardes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

© Ecco Press Comunicação Ltda  •  by Oibê  •  RSS