Ligue!

11.5543.0039

Nova Google+ não deve matar Orkut



A Google+ (pronuncia-se Google Plus), nova rede social do Google, não deve acabar com o Orkut, rede social mais popular entre os usuários brasileiros.

De acordo com o Google, o Orkut, que tem seu time de desenvolvedores baseado no Brasil, ainda deve continuar recebendo novos recursos.

“O Google continuará a trabalhar em aprimoramentos e recursos tanto para o Orkut quanto para o projeto Google+, pois ambos são muito importantes para os usuários. Como o Orkut é a rede social número um do Brasil e tem sido muito bem sucedido, nosso objetivo é estender os novos recursos do Google+ para os usuários do Orkut conforme eles se tornam disponíveis”, diz o texto publicado no site da Google+.

Apresentada ontem, a nova rede social do Google surge para tentar conter o avanço do Facebook, que recentemente chegou à marca de 750 milhões de usuários cadastrados – o Google teria 1 bilhão acumulando todos os seus serviços.

Uma das principais novidades dela é a função Círculos, que permite criar grupos de amigos segmentados de forma intuitiva – recurso similar ao pouco eficiente Grupos do Facebook.

A nova rede social do Google também se destaca no quesito álbuns de fotos, onde exibe imagens em tamanhos grandes e com navegação fácil.

Por enquanto, ela segue fechada apenas para usuários convidados. O Google não informa quando novos convites devem começar a ser distribuídos.

Fonte: Info

Nilza Botteon

Mais de 20 anos de experiência em Jornalismo, com ênfase em Assessoria de Imprensa, desenvolvendo e liderando projetos de Construção de Marca e Relacionamento com a Imprensa. Sócia-fundadora e diretora da Ecco Press Comunicação desde 2003, ao lado de Renata Garcia Bernardes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

© Ecco Press Comunicação Ltda  •  by Oibê  •  RSS