Ligue!

11.5543.0039

Pelo bem do coração: corpo bonito no verão pede calma nos exercícios físicos

, , , , , , , , , , ,

Cardiologista do Hospital CEMA, Dr. Carlos Alberto Pastore chama a atenção para os riscos de se iniciar uma prática intensa de esportes sem o acompanhamento de profissionais

 Verão combina com longos dias de sol e um desejo renovado de sair para as ruas, encontrar pessoas, aproveitar o calor para aquecer o corpo na praia ou na piscina. É também a estação que faz renascer em nós o impulso por uma vida mais saudável, com mudança de hábitos desde a alimentação até na prática esportiva. Mas é preciso muito cuidado. Para quem não tem o hábito de se exercitar regularmente, até a caminhada desregrada pode causar problemas. “A pessoa sedentária deve retomar a prática de exercícios com calma e sob a supervisão de profissionais. Atividades físicas intensas, num ritmo muito acelerado, podem colocar o indivíduo em situações de risco cardíaco”, esclarece o Dr. Carlos Alberto Pastore, diretor da Clínica de Cardiologia do Hospital CEMA.

 Assim, antes de escolher a academia ou contratar um personal trainer, o ideal é agendar uma consulta com o médico de confiança ou um cardiologista. Além do exame clínico, no consultório, o profissional irá solicitar uma série de exames, para avaliar a condição física do pretendente a um corpo bonito e saudável no verão. “Os exames são importantes para ajudar o médico a orientar o paciente sobre a melhor atividade ou esporte para que ele possa atingir as metas desejadas, sem prejudicar a saúde. “A atividade física regular e intensa necessita de avaliação prévia para afastar alterações cardíacas capazes de comprometer o organismo. A pressão alta, as arritmias e o diabetes são situações que levam a riscos de infarto do miocárdio, derrame, taquicardias, entre outras doenças graves”, alerta o médico do Hospital CEMA.

 Em outras palavras, iniciar exercícios físicos repentinamente e com intensidade pode ativar condições cardíacas que, em outras circunstâncias, demorariam anos para ser um problema ou mesmo para acontecerem. Enquanto os resultados dos exames não chegam, Dr. Pastore indica caminhadas de meia hora, pelo menos quatro vezes por semana; corridas leves, para quem não tem problemas nas articulações; e natação como as melhores atividades para manter o coração saudável.

Associada à mudança de rotina nas atividades físicas, a alimentação tem papel fundamental, segundo o médico. E fazer dietas sem acompanhamento profissional também pode causar danos à saúde, como explica o Dr. Pastore: “As dietas em geral podem comprometer a atividade e o vigor do organismo, desencadeando episódios de pressão baixa ou anemia devido à má alimentação, e dificultando, por vezes, a realização dos exercícios”.

 Os famosos shakes e compostos para acelerar a perda de peso também devem ser evitados ou consumidos com cautela, segundo o médico. “O exagero no consumo de shakes e vitaminas artificiais para emagrecimento traz repercussões para o fígado e alterações circulatórias, que podem acarretar em um quadro de doença cardíaca. O organismo humano é um sistema de interdependência entre suas partes: o mau funcionamento de uma engrenagem leva ao de outra, em um efeito dominó”, afirma Dr. Pastore.

 O cardiologista do Hospital CEMA faz ainda um alerta sobre o consumo exagerado de alimentos industrializados, inclusive os molhos prontos que dão sabor àquela salada de verão: “Todo alimento com muita gordura e sal deve ser evitado, assim como frituras, carnes gordurosas e embutidos. O ideal é ter uma alimentação variada e leve, com grelhados, legumes e salada, sempre com pouco sal e açúcar. E ingerir muita água, para manter a hidratação”. Com esses cuidados, o coração irá bater firme e saudável ainda por muitos verões.

Renata Garcia Bernardes

Administradora de empresas formada na Universidade Anhembi Morumbi. Cursou PEC-FGV em São Paulo, Marketing Corporativo na ESPM e construiu longa e sólida carreira em Comunicação Corporativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

© Ecco Press Comunicação Ltda  •  by Oibê  •  RSS