Ligue!

11.5543.0039

Pesquisadores querem que remédios contra colesterol sejam servidos junto com fast-food



Um grupo de pesquisadores britânicos quer que os restaurantes fast-food, como o McDonald’s e Burger King, distribuam gratuitamente remédios que combatem o colesterol junto com os pedidos. Uma dose de estatina — droga que inibe a produção de uma enzima responsável pela formação de colesterol no fígado — reduz o risco de ataque cardíaco na mesma medida em que um hambúrguer e um milkshake aumentam, segundo afirma estudo publicado no periódico American Journal of Cardiology.

A pesquisa, feita com 42.800 pacientes, mostrou que uma dose diária de estatina reduziu as chances de ter uma doença cardíaca em 29%. Os pesquisadores preveem que no futuro a estatina seja servida nas lanchonetes fast-food de forma trivial, ao lado dos condimentos. O custo de drogas que reduzem o nível de colesterol caiu bastante nos últimos anos. Hoje elas chegam a custar quase o mesmo que um sachê de ketchup.

Darrel Francis, um dos cientistas do Imperial College London, Inglaterra, onde a pesquisa foi conduzida, disse à BBC que é um absurdo que os restaurantes de fast-food possam vender alimentos que fazem mal à saúde e que para comprar remédios como a estatina seja necessário apresentar receita médica.

Os cientistas alertam, no entanto, que a estatina não deve ser usada como uma desculpa para ingerir gorduras o tempo todo, e que não existe um comprimido capaz de tornar saudável esse tipo de alimento. Peter Weissberg, diretor da Fundação Britânica do Coração, disse em entrevista ao jornal Daily Mail que “as estatinas são remédios para pessoas com doenças cardíacas ou com grandes riscos de desenvolvê-las. Não são comprimidos mágicos”.

Fonte: Veja

Nilza Botteon

Mais de 20 anos de experiência em Jornalismo, com ênfase em Assessoria de Imprensa, desenvolvendo e liderando projetos de Construção de Marca e Relacionamento com a Imprensa. Sócia-fundadora e diretora da Ecco Press Comunicação desde 2003, ao lado de Renata Garcia Bernardes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

© Ecco Press Comunicação Ltda  •  by Oibê  •  RSS